APLICATIVO: notícias e informações salesianas do nordeste e do mundo na sua mão

Nossa inspetoria tem um aplicativo disponível na Apple Store e na Google Play... “...

VISITA DE CONJUNTO: “REGIÃO CONE-SUL ”

Entre os dias 20 e 26 de março de 2017 foi realziada em Ypacaraí, no Paraguai

NNordeste sedia reuniões nacionais da AJS e da CNPJS

Foram realizada em Jaboatão no início de março as reuniões do Conselho Nacional da AJS e da Comissão Nacional de Pastoral Juvenil. O P. Daniel García, do dicastério da PJS participou...

Estreia do Reitor-Mor 2017

Disponível o texto e o vídeo na versão em lingua portuguesa...

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Abertura da Campanha da Fraternidade nas escolas

Com o tema “Fraternidade: Igreja e Sociedade” e lema “Eu vim para servir” (cf. Mc 10, 45), a Campanha deste ano buscará recordar a vocação e missão de todo o cristão e das comunidades de fé, a partir do diálogo e colaboração entre Igreja e Sociedade, propostos pelo Concílio Ecumênico Vaticano II. A Campanha da Fraternidade 2015 convida a refletir, meditar e rezar a relação entre Igreja e sociedade. Todas nossas escolas fizeram um momento com seus alunos um momento de celebração ou reflexão. Abordar a Campanha da Fraernidade faz parte do planejamento pedagógico e pastoral de todas elas.

Vejamos alguns relatos:

Natal - São José

A coordenação de Pastoral do Salesiano realizou um momento com os alunos do Fundamental I do São José para apresentação da Campanha da Fraternidade 2015. De forma lúdica, os estudantes contaram com teatro, música, oração e bate-papo para compreender a importância e a finalidade da Campanha.

Salvador - Nazaré

Na quinta-feira, 20/02, o Colégio Salesiano do Salvador (Nazaré) promoveu um momento de apresentação e reflexão com os estudantes sobre a Campanha da Fraternidade 2015.
 O encontro foi conduzido pelo Padre Ildelfonso Mesquita que explicou aos alunos a importância e a finalidade da campanha. Participaram também do momento os professores, coordenadores e demais funcionários. O encontro aconteceu na praça de alimentação do colégio.


Salvador - Paralela

Nesta sexta-feira, 20/02, a Equipe de Pastoral apresentou aos nossos estudantes a Campanha da Fraternidade 2015.
O encontro foi presídio pelo Padre Ildelfonso Mesquita que explicou aos alunos a importância e a finalidade da campanha em um bate-papo acompanhado de musica e oração.



Aracaju

Num clima de profunda oração, realizamos, nos dias  19 e 23/02, a Celebração da Imposição das Cinzas e a Abertura da Campanha da Fraternidade de 2015. Durante a celebração, houve a participação dos alunos, educadores e alguns pais; tivemos a oportunidade de refletir sobre o papel da Igreja em nossa sociedade e da importância do período quaresmal na caminhada cristã. A celebração das cinzas marca o início da Quaresma. 

Carpina

Foi realizado no dia 19 de fevereiro, na Capela São Domingos Sávio, com as turmas do Ensino Fundamental e Médio um momento especial de imposição das cinzas e abertura da Campanha da Fraternidade. A Celebraçã ofoi presidida pelo diretor, P. Anderson Alvelino.

Equipes pedagógicas das escolas do nordeste refletem sobre prática educativa salesiana


Com o objetivo de avaliar a prática educativa nas escolas salesianas e sua consonância com carisma de seu fundador, equipes pedagógicas das várias escolas da Inspetoria Salesiana do Nordeste do Brasil estiveram reunidas em Jaboatão do Guararapes (PE) desde a última quinta-feira (26/02) para estudos e reflexões sobre a proposta educacional de Dom Bosco.  
Na programação do evento houve momentos de estudos, como o do capítulo 4 do Quadro Referencial (orientado pelo padre Diego Vanzetta, Inspetor do Nordeste), que trata do Sistema Preventivo proposto por Dom Bosco; apresentações de “cases”, como o “Literatura Viva” e o “Clube de Programação”, dos colégios salesianos do Salvador e São José, respectivamente; palestras, como a do filósofo Junot Matos, que falou sobre o tema “Educar, mas com que palavras?”; propositivos, como a continuidade da elaboração do Manual de Atribuições para as Escolas, que teve a assessoria do contador Leonardo Oliveira e da assistente social, Raimunda Nonato Cadó. 
Além dessas atividades de estudos e reflexões, os educadores e educadoras salesianas também aproveitaram a oportunidade para momentos de convivência, como os passeios pelo Recife Antigo e Rio Capibaribe, sendo que este último a bordo de um charmoso catamaran. O evento aconteceu até o último sábado de fevereiro (28), quando foi realizada a conclusão dos trabalhos, avaliação e o almoço de despedida.    











Por: Manoel Moura

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Recife// Alunos realizam projeto da RSE “Rua: Que caminho é esse?”

Nesta quinta-feira (26), alunos do 3° do Ensino Fundamental realizaram um tour pelas ruas do bairro, entorno do Colégio Salesiano Sagrado Coração. A atividade é parte do projeto da Rede Salesiana de Escolas (RSE) “Rua: que caminho é esse?” que integra os componentes curriculares de Geografia.
A partir de interrogações tais como: Como são as ruas? Para que servem? Que componentes a formam? Há espaços para brincadeiras e eventos? Os estudantes, orientados pelas professoras Sheilla Patrícia, Simone Nogueira e Gliss Gleide, conheceram de perto a vizinhança da escola com o objetivo de exercitar a observação e a localização espacial, elementos que muitas vezes passam sem ser percebidos em virtude da rotina diária. “Em cada parada é importante identificar os nomes das ruas, as placas de sinalização, as praças com suas áreas verdes e os estabelecimentos comerciais e hospitais, para que eles entendam que a rua é formada por todos esses componentes”, afirmou a professora Sheilla Patrícia.
Popularmente entendida pela presença nela de duas ou mais calçadas (ou passesios, destinadas ao trânsito de pedestres) e um ou mais leitos de tráfego de veículos (normalmente automóveis), as ruas entraram no roteiro de estudos dos alunos do Sagrado Coração (Recife), enquanto membro da Rede Salesiana de Escolas, que marca presença em 132 países. “Com o projeto os alunos aprendem a relacionar o conteúdo estudado em sala de aula com os elementos concretos que formam a rua”, completou a professora Simone Nogueira. 





terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Salvador// Bailinhos e Mico do ano realizados no clima do carnaval

Bailinho de Carnaval

Já em clima de carnaval, no dia 11/02, os estudantes do Colégio Salesiano do Salvador (Nazaré) participaram de um bailinho de carnaval, com músicas animadas, confetes e serpentinas. O Bailinho aconteceu ao longo da manhã, em vários espaços do Colégio, de acordo com o momento de intervalo de cada turma. Os alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental 1 trouxeram suas fantasias e se divertiram muito. Já os alunos do Ensino Fundamental 2 e Médio se divertiram com músicas tocadas em um carro de som nas quadras do colégio. Neste dia houve aula normal.


Terceirão salesiano participa de primeiro Mico do ano


Os estudantes da 3ª série do Ensino Médio do Colégio Salesiano do Salvador (Nazaré) participaram no dia 11/02, do primeiro “Mico” do ano. O mico é uma atividade lúdica onde os estudantes do “terceirão” se caracterizam a partir de um tema previamente escolhido. Desta vez, o tema da brincadeira foi Carnaval. Os alunos entraram no clima e, fantasiados se divertiram muito ao som de um carro que circulou pelas instalações do colégio, fazendo memória aos blocos carnavalescos que desfilam pela avenida. 


Por: Elisane Alves



Bailinho de Carnaval no Dom Bosco


Também na quarta-feira, 11/02, os estudantes do Colégio Salesiano Dom Bosco Paralela participaram de uma previa do carnaval, ao som do grupo MPV, com músicas animadas, confetes e serpentinas. O Bailinho aconteceu ao longo da manhã, no pórtico do Colégio, e cada turma pode aproveitar no período do seu intervalo, iniciando com o bailinho infantil e finalizando no intervalo do Ensino Fundamental II e Ensino Médio, com os alunos do Terceiro ano pagando o primeiro mico do ano que teve como tema: "Carnaval'. Neste dia houve aula normal e o uso da fantasia foi opcional e apenas foi permitido o uso de confetes e serpentinas no baile.

Por: Luiza Glads

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Recife//Campanha de estudos envolve participação dos pais

Organizar os materiais no dia anterior, realizar as tarefas de casa, pensar no local, no tempo e no horário de dormir mais adequados são predisposições fundamentais, que precisam da intervenção da família para o bom rendimento escolar das crianças. Nessa perspectiva, a campanha de estudos iniciada nesta segunda-feira (23) no ensino fundamental I (2° ao 5° ano) aponta como uma das principais metas o envolvimento dos pais na vida escolar dos seus filhos.
Baseada em estudos que mostram a importância da quantidade e da qualidade do sono na capacidade de aprendizagem das crianças, Isabel lembra aos pais que dormir bem não serve apenas par descansar o corpo e a mente. Por isso, inicialmente, deve-se garantir que as crianças tenham uma boa noite de sono para consolidar o que foi aprendido durante o dia.
Para Isabel Pena, psicóloga do setor, o exemplo dos pais é a principal maneira de valorizar o estudo e a leitura, criando o interesse e o gosto das crianças. “São atitudes simples do dia a dia que fazem a diferença na formação dos filhos”, afirmou. Conforme a psicóloga, os pais devem ficar atentos para colaborar com o cumprimento das normas estabelecidas pela escola, das atividades escolares, do estudo domiciliar, além do horário de dormir.
Entre outras indicações, Isabel Pena acrescenta que o acompanhamento do desenvolvimento dos filhos na escola pode ser feito sempre que necessário, jamais deixando de participar das atividades planejadas às famílias pela escola (reuniões, plantões pedagógicos, festas). Além disso, “Os pais podem criar um horário para estudar e ler em família, despertando o gosto, como também o hábito por essas atividades”, sugeriu.
De acordo com a psicóloga, qualquer dificuldade que aparecer na vida de estudos dos filhos, os pais devem orientar e auxiliá-los, mas nunca fazer as lições por eles. “Se estimuladas a pesquisar e descobrir as respostas por conta própria, as crianças aprendem a ser autônomas nos estudos”, garantiu Isabel.



sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Mensagem do Reitor-Mor aos jovens do MJS/AJS disponível em português

Eu lhes escrevo, jovens, porque vocês são fortes
e a palavra de Deus permanece em vocês” (1Jo 2,14)

Este é o título da primeira mensagem aos jovens do Movimento Juvenil Salesiano ( Articulação da Juventude Salesiana no Brasil) escrita pelo P. Angel Fernandez Artime.
Uma mensagem que “está longe de ser uma adulação ou palavra vazia”, mas que, desde o título, “exprime como o nosso Deus, em seu Amor”, tem a certeza de que vocês são uma garantia para o Reino e para uma Humanidade mais justa e fraterna”.
Nossa inspetoria adaptou ao português brasileiro e disponibilizou em forma de subsídio, para ser trabalhado nas reuniões de grupos juvenis. 
Para baixá-lo, clique aqui

JABOATÃO// Carnaval Multicultural da Escola da Colônia

Durante o mês de fevereiro foi desenvolvido o projeto ‘Carnaval Multicultural’ da Escola Salesiana da Colônia, onde cada turma , do 1º ao 9º ano,  ficou responsável de pesquisar e estudar uma manifestação cultural da festividade e apresentar nos bons dias. O projeto teve como objetivo principal fazê-los conhecer mais e homenagear a diversidade cultural da festa de carnaval do estado de Pernambuco.

No dia da cumilnância do Projeto, última sexta-feira dia 13, no Carnaval da escola, onde com a presença dos familiares,  todas as turmas se reapresentaram. Nas apresentações homenageamos cada regiã odo estado. A região metropolitana do Recife foi representada pela La Ursa, O Galo da Madrugada, o Frevo e o Movimento Mangue Beach; já o agreste do estado foi representado pelo Papangú, Os Caiporas, o Maracatu Rural e pelo o Carnaval da Bicharada e o sertão do estado foi representado pelos Caretas de Triunfo.


MATRIZ DE CAMARAGIBE// Dom Bosco pelas ondas do rádio!


Há três anos, o programa Juventude Salesiana é transmitido pela Rádio Comunitária Camaragibe FM. Ele dedica-se em ser uma porta para que a espiritualidade juvenil salesiana seja comunicada para toda a cidade de Matriz de Camaragibe, em Alagoas. 

Esse ano, o programa ganha nova versão e passa a ser transmitido em novo horário e data. Antes, transmitido semanalmente às sextas-feiras, às 18:00, agora, de segunda à sexta, às 10:00. Os dois tirocinantes da presença salesiana da cidade (Antonio João Neto e Fábio Luciano) estão na apresentação do programa, que conta com entrevistas, notícias da Igreja e da Congregação, músicas salesianas e católicas, além do aprofundamento da nossa fé. Um momento de formação especial sobre a vida e missão de Dom Bosco também ganhou destaque, tendo em vista as comemorações do bicentenário de seu nascimento. 
É um espaço de evangelização em sintonia direta com o carisma salesiano. E em breve, o programa ganhará também uma versão online com transmissão ao vivo e podcasts!


Por: Antonio João Neto,SDB

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Recife// Rito das cinzas é preparação para a Páscoa

Na volta as aulas desta quinta-feira (19), depois do recesso de carnaval, os alunos do fundamental ao ensino médio do Salesiano Recife participaram de uma celebração de cinzas, rito com que se inicia o período de preparação da Páscoa, chamado Quaresma. Na ocasião, o sacerdote e diretor do colégio, Pe. Nonto, marcou o sinal da cruz com cinzas na cabeça dos alunos cristãos.
Com este rito, a igreja expressa duas ideias: somos criaturas mortais, frágeis, que «viemos do pó e ao pó voltaremos» (ler Génesis 3, 19); e somos chamados a converter-nos ao Evangelho de Jesus, mudando o que na nossa maneira de pensar e de agir não está de acordo com Ele.
Na Bíblia o uso das cinzas em ritos religiosos é relatado em vários livros que compõem o Antigo Testamento. Por exemplo, o autor do Livro de Ester narra que Mardoqueu – primo de Ester, judeu piedoso – se veste com um saco e cobre-se com cinzas quando soube do decreto do rei Asuer I da Pérsia (ano 485 a 464 a. C.) que condenou à morte todos os judeus de seu império (lê Ester 4,1). Aqui as cinzas simbolizam dor, morte e penitência. Mardoqueu entende que Deus permite o decreto do rei porque o povo pecou e confia que Ele mudará de atitude se o povo se emendar.
Também no Livro de Job – cujo enredo foi escrito entre os anos 7 e 5 a. C., há outro realto claro sobre o uso de cinzas no contexto religioso. Descreve-se que Job mostrou o seu arrependimento cobrindo-se com cinzas (Job 42, 6). Também o profeta Daniel, por volta do ano 550 antes de Cristo, ao profetizar a conquista de Jerusalém pela Babilónia, escreveu: «Voltei-me para Deus a fim de lhe dirigir uma oração de súplica, jejuando e impondo-me o cilício e a cinza» (Daniel 9, 1-27). A intenção do profeta é conquistar o perdão divino para todo o povo. E, no século v antes de Cristo, logo depois da pregação do profeta Jonas, o povo de Nínive jejuou e vestiu-se com sacos, inclusive o rei, que, além disso, deixou o trono e foi sentar-se sobre cinzas (Jonas 3, 1-10). Todos estes exemplos sublinham o uso das cinzas como símbolo – algo que todos compreendem – de arrependimento.







RECIFE// Aula no laboratório promove visualização dos conceitos discutidos em aula teórica

As aulas de Ciências são geralmente trabalhadas de forma teórica devido a falta de materiais pedagógicos, o que as torna cansativas e desinteressantes para o aluno acostumado a utilizar celulares, computadores e DVDs.  Cabe a escola e ao professor competir com toda essa tecnologia para despertar no aluno o interesse pelo seu conteúdo.
Partindo desse pressuposto, nesta quinta-feira (19), o professor de ciências do ensino fundamental, Rafael Andrade, levou os alunos do 8° ano às modernas instalações de um dos 3 laboratórios do colégio para ilustrar as aulas teóricas que ministrou em sala de aula. O objetivo da aula foi observar através do estereoscópio placas de petri com fungos e identificar suas diversas formas.  
Conforme o professor de Ciências, Rafael Andrade, após a abordagem teórica em sala, a aula prática é imprescindível para uma compreensão completa do assunto. “Nas aulas os alunos são desafiados a observar, identificar e desenhar as placas encontradas. No laboratório a aprendizagem se completa pela experimentação”, afirmou. Para o professor, aprática promove a visualização dos conceitos explicados e discutidos em aula teórica. Fator este importante, uma vez que as ciências naturais muitas vezes se tornam distante do universo do aluno, por ser difícil de visualizar.
Maria Carolina, aluna do 8° A, também reforça as vantagens das aulas no laboratório. “É que vendo pelos equipamentos ultramodernos que o colégio dispõe, podemos entender, na prática, o que estudamos teoricamente em sala”, acrescentou a estudante.  Na opinião de Manoel Andrelino ( 8° A), a aula prática é determinante para a aprendizagem. “Aqui a gente aprende fazendo experiência com instrumentos modernos. Essas ferramentas nos ajuda a mergulhar no misterioso mundo da ciência”, concluiu o jovem. 



Natal // Fantasias, confetes e muita animação. Assim foi o Salé Folia!


Super-heróis, princesas, caveiras, bruxas e muito mais! Esse foi o clima do Salé Folia realizado na sexta-feira (12) em comemoração aos festejos momescos. Acompanhada por uma bandinha carnavalesca, a criançada do Fundamental I se divertiu com direito a muito confete e serpentina.

Separados em blocos, as turminhas desfilaram pelo corredor central do Salesiano São José e em seguida se concentraram na quadra central do colégio onde as brincadeiras se intensificaram.

Acompanhados pelas professoras, equipe pedagógica e professores do esporte, os alunos encerraram a semana eufóricos e preparados para os quatro dias de carnaval.
Intervalo festivo

Não menos animados, os alunos do turno matutino, em especial os da terceira série do ensino médio, também se divertiram durante o intervalo com adereços carnavalescos e muita música.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Iniciada a Visita extraordinária na Inspetoria do Nordeste (BRE)

Na última quinta-feira, 11 de fevereiro, o Conselheiro Regional para a América Cone-Sul dos Salesianos de Dom Bosco, padre Natale Vitali, deu início à Visita Extraordinária à Inspetoria Salesiana do Nordeste do Brasil (BRE).
O primeiro encontro foi com os diretores e párocos de todas presenças salesianas da região. Já nos dias 12 e 13 foi a vez do Conselho Inspetorial.
A Inspetoria conta atualmente com 106* salesianos e 15 comunidades salesianas, que levam à frente 10 colégios, 9 paróquias,2 rádios, 1 faculdade, 7 entidades de Ação Social e diversos oratórios e projetos sociais.
A visita extraordinária será concluída na primeira semana de maio.

Inspetoria realiza seu Encontro Geral de Animação Pastoral

Nos dias 09 e 10 de fevereiro foi realizado nosso primeiro encontro de Animação Pastoral do ano de 2015, reunindo representantes e coordenadores locais de todas as obras salesianas da região das Comissões de Pastoral Juvenil (incluindo Animação Vocacional, AJS, e as diversas especificidades da PJ) , Educação, Gestão, Comunicação, Ação Social e Paroquias. o encontro contou com 120 participantes, incluindo pré-noviços e aspirantes salesianos, que agora residem na Colônia Salesiana.
Na pauta deste ano, ganhou destaque o estudo do capítulo IV no novo Quadro de referencia para a Pastoral Juvenil, que fala sobre o Sistema Preventivo. 
Cada comissão/grupo de trabalho também pode dialogar e detalhar seu planejamento e organizar mais alguins encaminhamentos para o ano de 2015.

Veja o album de fotos no Facebook da Inspetoria

SALVADOR// Volta às aulas cheia de atividades e projetos

Nas duas escolas Salesianas de Salvador, o início do mês de fevereiro foi repleto de atividades, relacionadas ao projeto pedagógico das escolas, envolvendo as famílias e começando  o ano letivo no estilo salesiano.


Colégio Salesiano do Salvador (Nazaré)

 Volta às aulas 
Mais um ano letivo começou! Abraços, sorrisos, reencontros... Foi nesse clima de alegria e amizade que os alunos do Colégio Salesiano do Salvador (Nazaré) retornaram às aulas e foram recebidos. As aulas iniciaram na segunda-feira (02/02), para os alunos dos grupos/anos e séries ímpares. Na terça-feira (04/02), foi a vez dos alunos dos grupos/anos e séries pares. Durante os dois dias de retorno escolar os alunos participaram de uma acolhida no Santuário Nossa Senhora Auxiliadora e conheceram parte da equipe pedagógica que irá acompanhá-los durante todo o ano. Os alunos foram ungidos com óleo, como sinal de proteção, força e coragem para superar os desafios que o novo ano poderá proporcionar.

Salesiano realiza primeira reunião de pais e mestres
Aconteceu na manhã do último dia 07/02 (sábado), a primeira reunião de pais e mestres do Colégio Salesiano do Salvador (Nazaré). A reunião teve início com uma acolhida e momento oracional, conduzido pelo diretor da escola pe Eliano Queiroz e pela equipe da Pastoral. Logo após, o diretor apresentou a proposta do Colégio, abordando temas como a estrutura física, a educação, uso da tecnologia na sala de aula e a pedagogia salesiana. Em seguida, a Coordenadora Geral, Graça Macêdo, apresentou a equipe Pedagógica de acordo com os níveis. A reunião com os pais das turmas do Ensino Médio e Ensino Fundamental 2 teve início às 08h. Já a reunião com os pais dos alunos da Educação Infantil e Ensino fundamental 1 começou às 10h. Ambas foram realizadas no Teatro do colégio. Ao término da reunião do Ensino Médio e Ensino Fundamental 2, houve ainda um momento onde os pais tiveram a oportunidade de conversar com os professores dos seus filhos.

Salesiano recebe visita de ex-alunos
Na última quinta-feira (05/02), onze ex-alunos que concluíram a 3ª série do Ensino Médio em 2014 fizeram uma visita ao Colégio Salesiano do Salvador (Nazaré). Na oportunidade os ex-alunos aproveitaram para se reencontrar e matar a saudade, além de visitar os coordenadores, orientadores, professores, padres, funcionários e a equipe da pastoral. Eles ainda retornaram a biblioteca do colégio e relembraram com a bibliotecária Maria Rego os bons momentos que vivenciaram naquele espaço.

Ensino Fundamental 1 participa de tour na Biblioteca
A Biblioteca do Colégio Salesiano do Salvador (Nazaré) já retornou as atividades e está de portas abertas. Na quinta-feira (05/02), os alunos salesianos das turmas do Ensino Fundamental 1 fizeram um tour pela biblioteca. Durante o momento, a bibliotecária Maria Rego apresentou todos os espaços da biblioteca para os alunos e forneceu informações sobre as regras de utilização, explicando também de que forma acontece o processo de empréstimos de livros. Os alunos aproveitaram o momento para ver os livros e revistas, além de aprofundar seus conhecimentos.

Salesiano incentiva a prática de esportes 
O Colégio Salesiano do Salvador (Nazaré) abriu inscrições para os esportes oferecidos pelo colégio. Na quarta-feira (04/02), o Departamento de Esportes do colégio (DECS) iniciou os testes para a formação das equipes esportivas. Os alunos podem participar de várias modalidades como o futsal, voleibol, basquete, ginástica rítmica, capoeira, natação, judô, handebol, dança, entre outras.  O colégio oferece também aulas de Hidroginástica para não alunos.  As aulas de hidroginástica começaram no dia 03 de fevereiro e contam a participação de pessoas da terceira idade, que buscam no esporte melhorias para a saúde. Na primeira aula de hidroginástica as atletas deram show de saúde, alegria e entusiasmo.

Por: Elisane Alves

Colégio Salesiano Dom Bosco (Paralela)

Reunião Tempo Integral
Na quinta-feira, 05/02, aconteceu a reunião com os pais dos estudantes do tempo integral do Colégio Salesiano Dom Bosco Paralela. O objetivo da reunião é apresentar aos responsáveis as atividades desenvolvidas pelos estudantes durante o turno oposto, dentre elas temos algumas modalidades esportivas como o ballet, basquete e o Gr para a meninas e o vôlei e futsal para os meninos, além da natação que é para ambos. O tempo integral agrega as turmas dos primeiros anos da Educação Infantil até o 6º ano do Fundamental II e tem como proposta a promoção da saúde com alimentação balanceada e acompanhamento nutricional além do acompanhamento pedagógico, das atividades recreativas e esportivas e das oficinas.

Acolhida
Na quarta-feira, 04/02, os estudantes do Colégio Salesiano Dom Bosco Paralela, participaram da acolhida, um momento onde o colégio leva os alunos para um bate-papo seguido de uma benção. A acolhida aconteceu durante três dias e contemplou todas as turmas, na ocasião o novo Coordenador de Pastoral Padre Ildelfonso Mesquita e o Assistente de Pastoral Daniel Neri Brandão que presidiram a acolhida, foram  apresentados para os estudantes.

 Missa
No sábado, 08/02, os pais dos alunos que fizeram a passagem do 1º ano da Educação Infantil para o 2º ano do Fundamental I do Colégio Salesiano Dom Bosco Paralela, levaram seus filhos para uma missa de agradecimento e acolhimento no Santuário de Nossa Senhora Auxiliadora. A missa foi presidida pelo Padre Ildelfonso Mesquita que conversou com os meninos sobre essa nova fase.

Bailinho de Carnaval
Na quarta-feira, 11/02, os estudantes do Colégio Salesiano Dom Bosco Paralela participaram de uma previa do carnaval, ao som do grupo MPV, com músicas animadas, confetes e serpentinas. O Bailinho aconteceu ao longo da manhã, no pórtico do Colégio, e cada turma pode aproveitar no período do seu intervalo, iniciando com o bailinho infantil e finalizando no intervalo do Ensino Fundamental II e Ensino Médio, com os alunos do Terceiro ano pagando o primeiro mico do ano que teve como tema: "Carnaval'. Neste dia houve aula normal e o uso da fantasia foi opcional e apenas foi permitido o uso de confetes e serpentinas no baile.

Por: Luíza Glads

JUAZEIRO DO NORTE// Experiência Romeira: Escuta ao Romeiro

Em nossa cidade, Juazeiro do Norte-Ceará, foi realizada em Fevereiro de 2015 a ação interdisciplinar com escuta ao romeiro, envolvendo as áreas de Códigos e Linguagens e Ensino Religioso, tendo a frente os professores: Socorro ( Língua Portuguesa –Fundamental II), Rosangela ( Artes- Fundamental II), Ramon (Educador Físico) e Eliane ( Ensino Religioso).
                Os educandos realizaram entrevistas, produziram vídeos e registros fotográficos com a finalidade de conhecer o que permeia a necessidade de visitação desse povo de fé à terra do Padre Cícero. Ansiando aprofundar as descobertas desse mundo de sacrifícios, perseverança, resistência e valorização da fé.Além de desenvolver o protagonismo juvenil, formando jovens comunicadores e mais ainda sensibilizar a defesa ao romeiro como verdadeiros herdeiros da obra do Padre Cícero.

Por: Prof. Rosangela Bezerra

                

RECIFE// Colégio Salesiano no clima do carnaval: Atividades nos pátios, nos bons dias e nas ruas

La Ursa invade pátio e corredores do Salesiano Recife

Alunos do 2° ano do fundamental I  deram seu grito de carnaval nesta quinta-feira (12), levando para o pátio do colégio uma a tradicional brincadeira do carnaval de Pernambuco conhecida com o nome de “La Ursa”. Com origem em antigos costumes trazidos ao Brasil pelos imigrantes italianos, a “La Ursa” animou o recreio da garotada e realizou um desfile pelos principais corredores da escola. A apresentação faz parte do primeiro conteúdo estudado nas aulas de Educação Física, que são ministradas pela professora Gercina Rocha. 

Durante a brincadeira, que foi composta por 2 personagens, o urso (Gercina Rocha) e o domador (Sheila Patrícia), que usava uma chapéu para arrecadar moedas da plateia, as crianças batiam em latas, encorajando o público a doar uns trocados para se livrar logo da “orquestra barulhenta”, que segue seu caminho junto ao urso, gritando “A La Ursa quer dinheiro, quem não dá é pirangueiro”. A brincadeira só terminou quando todos exaustos de brincar, ouviu o toque para o retorno as suas salas de aula.



Marchinhas dão o ritmo do bom dia na Educação Infantil

Com o objetivo de manter a tradição das marchinhas, as crianças do maternal, do Infantil, do Infantil I e do 1° ano deram seu grito de carnaval nesta quarta-feira (11) e quinta-feira (12), dando o ritmo do bom dia na educação infantil e desfilando pelos corredores do Salesiano Recife. Fantasiados de super-heróis, piratas, vampiros, passistas de frevo, pierrot e columbinas, os pequenos foliões fizeram o publico sair do chão e pular de alegria.

Durante as apresentações, que contaram com uma grande plateia de pais e familiares, as crianças do mostraram que aprenderam muito bem a lição sobre a Marcha de Carnaval, ensinadas pelas professoras. Na oportunidade, educadoras e familiares dos estudantes puderam perceber a importância das aulas para o resgate de elementos musicais, fundadores do carnaval brasileiro. 

A Marcha de Carnaval, também conhecida como "marchinha de carnaval", é um gênero de música popular que foi predominante no carnaval brasileiro dos anos 20 aos anos 60 do século XX, altura em que começou a ser substituída pelo samba enredo em razão de que as escolas de samba não queriam pagar os altos preços cobrados pelos compositores musicais.

Apesar dessa tentativa de esquecimento, as professoras mostraram com esse desfile, que, no Colégio Salesiano Recife, os blocos carnavalescos infantis, que anualmente desfilam durante o carnaval continuam, a cada ano, tentando difundir novas marchinhas e reviver as antigas. 


SALÉ FOLIA NAS RUAS AO REDOR DA ESCOLA 

Nesta sexta-feira (13), o bloco Salé Folia da Comunidade Salesiana – Colégio e Faculdade -  tomou as ruas do bairro da Boa Vista, no Recife, levando muita alegria e irreverência aos curiosos que assistiam nas calçadas. 

A alegria ficou por conta do grupo do Palhaço Chocolate, de Fabinho e Orquestra, além dos foliões que deram seu grito de carnaval, motivados pelo tema “Sale Frevo e Folia, irradiando energia”. A irreverência da festa de momo se fez presente nas fantasias que pais, alunos e professores vestiram para dar originalidade a festa, que está completando seu 5° ano de história com  a festa mais popular da cultura pernambucana e brasileira. 

Durante todo percurso do Salé Folia, o boneco gigante de Dom Bosco puxava o bloco ao lado do estandarte, que representava a escola e a faculdade, reforçando, desse modo, a tradição e a força no ensino de qualidade da Comunidade Salesiana no Recife.


RECIFE// Projetos que ajudam na aprendizagem

Projeto incentiva alunos a estudar com entusiamo

Alunos do ensino médio tem um motivo a mais para estudar em 2015. Pelo menos é isso que pensa a pedagoga Roselis Alves, que durante este ano está colocando em prática o projeto “Estude com entusiasmo”, tema da campanha de estudos. Para tanto, a orientadora educacional trabalhará com todas turmas (1ª, 2ª e 3ª séries) temas como  o entusiasmo, interesse, vontade, perseverança, bons hábitos e as diversas profissões.
Para Roselis Alves, existe uma boa relação entre todos esses temas e os bons resultados, pois quando se tem interesse claro por uma área como música, engenharia, ciência, ou relações internacionais, por exemplo, nos envolvemos mais com ela, aumentando o entusiasmo, nos envolvendo com nosso objetivo.
De acordo com a orientadora,  estudar com entusiasmo é uma determinação interior, é uma capacidade de cumprirmos o que nos propusemos a realizar. “Esta determinação interior nos fará resistir a condições desfavoráveis ao estudo, como o cansaço, o sono e o desânimo”, relatou Roselis. Já a perseverança se refere a resistência, a manter-se nos estudos até o fim do tempo programado, para atingir os resultados almejados. “Significa não desistir”, reforçou.
Com todos esses sentimentos bem trabalhados e o cumprimento de um horário de estudos, cria-se um hábito, isto é, o costume de se fazer algo de modo bem natural, sem precisar de uma ordem mental. “O hábito gera dependência. Quando, por qualquer motivo, se interrompe a rotina do hábito, a pessoa experimenta a sensação incômoda de que alguma coisa está lhe faltando”, concluiu a orientadora educacional.

Projeto Cine Salé exibe “Escritores da Liberdade”

Com a proposta de usar o cinema para aprofundar estudos realizados em sala de aula, aconteceu nesta quinta-feira (12),  a primeira sessão do Cine Salé, que exibiu o filme “Escritores da Liberdade”, de Richard LaGravenese. Sob a orientação de Synara Vilar, professora de Língua Portuguesa dos 8°s anos, os estudantes assistiram ao filme no auditório João Paulo II, de olho na atividade iniciada em sala de aula, cujo tema é “cartas do leitor”.
No telão, os alunos acompanharam a história de uma jovem e idealista professora, que chega a uma escola de um bairro pobre, que está corrompida pela agressividade e violência. De acordo com Synara, com a exibição do filme, os alunos absorvem conteúdos vivenciados pelos jovens personagens, como a rebeldia e a falta de vontade de aprender, além da constante tensão racial presente entre eles.
A partir do referencial do filme e da própria vida, além de aprofundar a aprendizagem sobre os temas debatidos em sala, os alunos poderão falar e escrever cartas sobre suas complicadas vidas, como acontece na história, quando os personagens partilham com Gruwell, a professora do filme, que lança mão de métodos diferentes de ensino para transformar o ambiente da escola e, aos poucos, resgatar, nos jovens, a confiança neles mesmos, aceitando mais os novos conhecimentos e reconhecendo valores como a tolerância e o respeito ao próximo. O projeto acontece uma vez a cada mês, com turmas diferentes do ensino fundamental II (6° ao 9° ano)

Por: Manoel Moura / Coordenação de Comunicação Salesiano Recife

PARNAMIRIM // SOE firma parcerias em projeto para combater o bullying na escola

O Serviço de Orientação Educacional e o setor de psicologia do Salesiano Dom Bosco estão desenvolvendo um projeto para combater as formas de preconceito e desrespeito observadas no ambiente escolar. Para isso, o enfoque da equipe será no resgate de valores e reconhecimento de sentimentos.
As ações do projeto “Bullying: isso não é brincadeira” serão realizadas em parceria com uma base de pesquisa do departamento de psicologia da UFRN e com o Núcleo de Justiça Juvenil Restaurativa nas Escolas, do Ministério Público do RN. Este último, em especial, tem uma missão em comum com a filosofia salesiana: a metodologia preventiva.
 Na programação estão incluídos círculos de diálogos com os alunos. O projeto envolve toda a comunidade educativa: colaboradores, educadores, pais e alunos do 1º ano do ensino fundamental à 3ª série do Ensino Médio.